· Desde 1985 · SAC: contato@audicsom.com.br

APARELHOS

O que é um aparelho auditivo?

Ouvir é um dom e a sua correção pode resultar em uma melhora significativa da qualidade de vida.

O Aparelho Auditivo possui um ou mais microfones que captam o som do ambiente. O sinal acústico é transformado em sinal elétrico, que é amplificado e adaptado de acordo com a perda auditiva. O receptor reconverte o sinal elétrico em sinal acústico e o direciona para dentro do canal auditivo.

Os aparelhos auditivos melhoram a compreensão da fala em várias situações e dão suporte às muitas funções do sistema auditivo humano como localização sonora, compreensão, dentre outras.

O aparelho auditivo existe em diferentes tecnologias, tipos, além de diversificadadas linhas de produtos.

Tecnologia

Tecnologia Digital

Os aparelhos auditivos digitais são programados pelo profissional de saúde auditiva através do microcomputador ou trimer.

Dentro dos aparelhos auditivos, os sinais acústicos são transformados, em alta velocidade e com enorme precisão, em um código binário que permite o ajuste do sinal amplificado.

A tecnologia digital dá mais flexibilidade para proporcionar soluções personalizadas à perda auditiva e permite adicionar recursos que dão ao aparelho maior eficácia em diversas situações auditivas.

Tecnologia Digitalmente Programável

Essa tecnologia é a combinação entre processamento de sinal analógico e programação digital do sistema auditivo pelo computador.

Tecnologia Analógica

Os aparelhos auditivos com processamento de sinal analógico são ajustados manualmente pelo profissional de saúde auditiva através de trimers. Os ajustes personalizados são mais restritos uma vez que inovações como os supressores de ruído, gerenciadores de microfonia, a prática.

Tipos

Intra-aural

Aparelhos que são usados dentro do ouvido e feitos sob medida e são compatíveis com perdas auditivas de grau leve a severo. Os menores modelos intra-aurais são os CIC, que podem ser usados inteiramente dentro do canal auditivo, sendo, quase invisíveis.

CIC/MC e CIC/MC P - Perda auditiva de grau leve a severo

▸ Quase invisível
▸ Fácil uso ao telefone
▸ Menor vida útil da pilha
▸ Necessita maior cuidado com limpeza e cera
▸ Possibilidade de botão de programação e controle remoto

ITC/HS e ITC/HS P - Perda auditiva de grau leve a severo

▸ Bem discreto
▸ Fácil uso ao telefone
▸ Possibilidade de botão de programação, controle de volume e controle remoto
▸ Compatibilidade com Sistema de FM e Conectividade

FS - Perda auditiva de grau moderadamente severo

▸ Visível
▸ Possibilidade de botão de programação e controle de volume
▸ Compatibilidade com Sistema de FM e conectividade

Retroauricular

Vão dos versáteis aos potentes aparelhos auditivos. São utilizados atrás da orelha. Podem ser indicados para todos os graus de perda auditiva.

microBTE - Perda auditiva de grau leve e moderadamente severo

▸ Quase invisível
▸ Evita a sensação de ouvido tampado
▸ Possibilidade de adaptação instantânea
▸ Possibilidade de botão de programação e controle remoto
▸ Compatibilidade com Sistema de FM e Conectividade

microBTE (CRT) - Perda auditiva de grau leve a severo

▸ Quase invisível
▸ Evita a sensação de ouvido tampado
▸ Potência
▸ Possibilidade de adaptação instantânea
▸ Possibilidade de botão de programação e controle remoto
▸ Compatibilidade com Sistema de FM e Conectividade

BTE - Perda auditiva de grau leve a profundo

▸ Visível, mas discreto
▸ Maior durabilidade de pilha
▸ Potência
▸ Possibilidade de botão de programação, controle de volume e controle remoto
▸ Compatibilidade com Sistema de FM e Conectividade
▸ Possibilidade de resistência a água